Início >> Notícias
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Notícias

Iterpa e programa Terra Legal irão firmar cooperação técnica para trabalho integrado

Depois da parceria para formalizar um termo de cooperação técnica com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a fim de desenvolver ações conjuntas e integradas nas áreas dos projetos de assentamentos estaduais, o Instituto de Terras do Pará (Iterpa) vai firmar cooperação semelhante com o Terra Legal, programa do governo federal, responsável pela regularização das terras da União na Amazônia Legal.

Cepaf aprova nova metodologia de cálculo do Valor da Terra Nua (VTN)

O Conselho Estadual de Política Agrícola, Agrária e Fundiária (Cepaf) aprovou, no último dia 30, a proposta de uma nova metodologia de cálculo do Valor da Terra Nua (VTN) para alienação de terras públicas, apresentada pelo presidente do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Daniel Lopes. Adotando critérios mais justos do ponto de vista social, o valor será fixado com base nos preços praticados no mercado imobiliário rural.

Iterpa define critérios e informações que irão constar no Carf

Presidente do Iterpa, Daniel Lopes, reuniu hoje com técnicos do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) para definir critérios, informações e procedimentos do Cadastro Rural Fundiário (Carf), moderno e inovador sistema de base digital que vai agilizar o trâmite dos processos em andamento no Iterpa, além de funcionar como um banco de dados de referência do setor. O Imazon desenvolve o software que irá viabilizar a implementação do sistema

Iterpa e Incra discutem parceria para avançar no processo de regularização fundiária no Pará

O Instituto de Terras do Pará (Iterpa) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) vão firmar parceria para avançar no processo de regularização fundiária no estado. Nesta terça-feira, 5, o presidente do órgão fundiário estadual, Daniel Lopes, e o superintendente regional do Incra, Nazareno Santos, discutiram a formatação de um termo de cooperação técnica a fim de que os dois institutos possam desenvolver ações conjuntas em prol das famílias que residem em áreas de projetos de assentamentos criados pelo estado do Pará.

Iterpa e Incra estabelecem metas para agilizar regularização fundiária

O Governo do Estado, por meio do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), vai unir forças com o governo federal, por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), para potencializar as ações de regularização fundiária em todo o território paraense. Até o fim de junho, um termo de cooperação técnica será assinado entre as duas esferas para que cerca de um milhão de paraenses que hoje moram em assentamentos no Estado obtenham títulos de posses das terras, além de ações que tornem essas áreas autossuficientes produtiva e financeiramente.

Iterpa discute prioridades dos municípios do nordeste paraense na área fundiária

O presidente do Instituto de terras do Pará (Iterpa), Daniel Lopes, participou nesta quarta-feira, 20, de uma reunião com prefeitos do nordeste paraense no Centro Integrado de Governo (CIG). Durante o encontro, promovido pela Associação dos Municípios do Nordeste Paraense (Amunep) em parceria com o governo, o dirigente do órgão estadual discutiu um plano de trabalho para atender as demandas da região na área fundiária.

Iterpa e Cohab discutem ações conjuntas para viabilizar a titulação de terras em áreas urbanas

O presidente do Instituto de Terras do Pará, Daniel Lopes, recebeu hoje, em seu gabinete, a presidente da Companhia de Habitação do Pará (Cohab), Lene Farinha, e a diretora de Políticas Habitacionais daquele órgão, Cláudia Macedo. Discutiram ações conjuntas para viabilizar a titulação de terras em áreas urbanas em vários municípios paraenses, Participaram também da reunião, o assessor técnico do Iterpa, Fernando Acatauassu, e o procurador jurídico, Flávio Ricardo Azevedo.

Iterpa fortalece serviço de Ouvidoria

No primeiro trimestre de 2015, o Instituto de Terras do Pará intensificou o diálogo com a população a fim de buscar solução para várias demandas apresentadas pelos usuários dos serviços do órgão. O trabalho é feito por meio da Ouvidoria Agrária do instituto, que funciona como um canal de interlocução com o cidadão.