Início » Noticia » Governo do Estado formaliza edital do concurso público para atividades-meio da PGE

Text Size

  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Governo do Estado formaliza edital do concurso público para atividades-meio da PGE

A assinatura do edital do concurso público para cargos da área-meio da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) foi realizada na manhã desta sexta-feira (06), no auditório Edgar Olyntho Contente, na sede da PGE, em Belém. O documento foi formalizado pelo procurador-geral do Estado, Ricardo Sefer, e pela secretária de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), Hana Ghassan.

"O momento é único e histórico. Há 15 anos, a PGE não tem um concurso público, não abre a sua porta mais nobre para que novas pessoas, novas mentes e novas forças de trabalho entrem. É muito importante que a gente abra, periodicamente, a aporta do concurso público, por ser um espaço de acesso democrático, para que as pessoas possam vir somar esforços. Não estamos contratando servidores por conta do salário, queremos pessoas que vistam a camisa da advocacia pública e percebam o quanto a atividade da Procuradoria é importante para todo o Estado”, disse o procurador-geral. 

A previsão é de que o edital seja publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) já no início da próxima semana. Ao todo, serão ofertadas 36 vagas, sendo 24 para nível superior e 12 para nível médio, além de Cadastro de Reserva (CR). 

“Eu pedi para mudar a versão inicial do edital, que tinha previsto para o Cadastro de Reserva (CR) um número de vagas duas vezes maior que aquelas ofertadas pelo concurso. Alteramos e, agora, o CR vai contar com um número cinco vezes maior que a quantidade de vagas disponibilizadas pelo certame”, acrescentou Ricardo Sefer. 

De acordo com a secretária Hana Ghassan, o governo do Pará segue investindo na qualidade do funcionalismo público, através da valorização do servidor e abrindo novas oportunidades de acesso a órgãos estaduais por meio de concursos públicos. 

“Eu fico muito orgulhosa com o trabalho que vem sendo feito de valorização do servidor, de valorização da carreira do serviço publico. O fato de estarmos tendo um evento para a assinatura do edital, além de ajudar a comunicação, para que todos saibam o que está sendo feito, no tempo em que está sendo feito, também ajuda a demonstrar essa valorização da carreira. Então, que a gente possa seguir em conjunto, em parceria para que as coisas possam acontecer mais rapidamente no Estado”, reforçou.  

O último concurso realizado para o preenchimento de vagas na PGE ocorreu em 2006. “Quando a gente vê que o Estado do Pará está indo na contramão do governo federal, valorizando o seu servidor, contratando pelo meio legítimo que é o concurso público, abre espaço para um diálogo. Temos limitações, mas abrir o canal de diálogo, fomentar e superar as dificuldades são exemplos a serem seguidos”, finalizou Ângelo Carrascosa, presidente da Associação dos Procuradores do Estado do Pará (APEPA).

Cargos – As vagas de nível superior serão para os cargos de Técnico de Procuradoria, a serem preenchidas por profissionais de Administração, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Direito, Informática, Matemática/Estatística/Economia e Técnico em Gestão de Procuradoria. 

No caso das vagas para nível médio, as oportunidades serão para os cargos de Assistente de Procuradoria, Assistente de Procuradoria – Informática e Assistente de Procuradoria – Contabilidade.